Social Icons

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Casarões desapropriados de São Luís serão restaurados

O prefeito de São Luís, João Castelo, assinou decretos para a desapropriação de 19 casarões que serão restaurados no Programa de Revitalização do Centro Histórico. De acordo com os planos da Prefeitura, os imóveis, situados em sua maioria na área do tombamento federal, serão revitalizados nos próximos anos.

“Estamos criando todas as condições para materializar os projetos de revitalização do nosso Centro Histórico porque, como temos dito, é ali que está aquilo que nos é mais sagrado: a nossa história, a nossa memória”, ressaltou João Castelo.

Do total de imóveis desapropriados, nove deles estão localizados na rua da Palma – dos quais cinco servirão para uso institucional e quatro para uso habitacional.

Dos cinco de uso institucional, parte deles será sede de secretarias municipais e outros servirão de apoio ao Programa de Revitalização do Centro Histórico.

Além da rua da Palma, onde está concentrada a maior parte dos imóveis que serão restaurados, também foram desapropriados quatro prédios situados na rua do Giz, dois casarões na rua da Estrela, dois na Afonso Pena, um na rua de Nazaré e um prédio na rua Graça Aranha (Beco dos Barqueiros) para uso habitacional.

Imóveis alugados

O prefeito João Castelo observou que, ao assumir o cargo, encontrou muitos prédios alugados para órgãos e secretarias municipais, o que gerava um elevado ônus financeiro para a Prefeitura. A idéia, segundo ele, é adquirir imóveis na área do Centro Histórico para recuperá-los e neles instalar instituições municipais que não possuem sede própria.

Dentre estes, um dos mais significativos é o prédio do antigo Banco do Estado do Maranhão (BEM), localizado na rua do Egito, que funcionará como Centro Administrativo da Prefeitura.

O presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Aquiles Andrade, explicou que, para a desapropriação dos 19 prédios, foi realizado um levantamento com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), da Defesa Civil Municipal e do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Maranhão (Crea-MA).

A partir de agora, alguns desses casarões serão restaurados com recursos próprios e outros estão previstos no PAC das Cidades Históricas e em operações de crédito internacionais. “Nem todos estes imóveis”, explicou Aquiles Andrade, “serão imediatamente restaurados, porém serão contemplados com intervenções que serão realizadas para evitar que se agrave o processo de arruinamento deles”.

Plano de uso

Dentre os 19 prédios desapropriados, um deles, localizado na rua do Giz, funcionará como sede da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), onde haverá um centro de monitoramento com a utilização de câmeras para ampliar as condições de segurança no Centro da cidade. Outro casarão, situado na rua de Nazaré, abrigará a sede da Secretaria Municipal de Turismo (Setur).

A Prefeitura, segundo Aquiles Andrade, também tem o projeto de transformar um imóvel da rua da Palma em equipamento comunitário, previsto no Programa de Revitalização como “Casa do Bairro do Desterro”. De acordo com o levantamento realizado, todos os 19 prédios foram abandonados pelos proprietários e estão em situação de arruinamento. Alguns deles estão sendo irregularmente ocupados e outros estão completamente desocupados.

Sob a coordenação da Fumph, com o apoio de todas as secretarias municipais, entidades da comunidade e órgãos públicos federais, o Programa de Revitalização do Centro Histórico tem como componentes estratégicos o fortalecimento sócio-econômico das comunidades que habitam a área do Centro Histórico, a implantação de equipamentos culturais para a cidade, melhorias de infra-estrutura urbana e oferta de unidades habitacionais.

O Programa prevê, ainda, a implementação e a revisão dos instrumentos de gestão urbana da área histórica da cidade.

Fonte: Cazumbá Online
Foto: Flickr Naid Moura

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Seminário do Carnaval 2010

O ano de 2009 ainda não terminou e muitas ações culturais ainda vêm por aí. Feira do Livro, Conferência Municipal de Cultura e Salão de Artes são alguns dos exemplos. Mas, a Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), já está planejando as ações para o próximo ano e entre as prioridades está o carnaval de 2010.

Desse modo, está programado para acontecer hoje (29) e amanhã (30), das 14h às 18h, no Teatro Alcione Nazaré (Praia Grande), o Seminário de Carnaval 2010, com o objetivo de reunir todos os seguimentos que compõem a folia de momo, com intuito de discutir as ações com vistas ao carnaval.

Para o evento, a Func convidou representantes dos Blocos Organizados, Tradicionais e Afros, Escolas de Samba e Tribos de Índios para fazerem parte desse seminário. A ação é o primeiro passo na organização do Carnaval de Passarela 2010.

Na abertura do evento, o secretário municipal de Turismo, Liviomar Macatrão, fará uma exposição sobre “O Carnaval como produto da indústria do turismo”, esclarecendo e apontando os aspectos que fazem dessa festa um importante atrativo turístico e econômico para a capital.

Dentre os debates previstos, estão as discussões sobre o regulamento e a agenda dos desfiles e a escolha das comissões de carnaval e julgadora para o próximo ano.

Pré-carnaval 2010

De forma antecipada, a Func já fechou calendário de festas da temporada pré-carnaval 2010 com os bailes oficiais que acontecerão nos dias 15, 16 e 17 de janeiro. No primeiro dia será realizado o Baile da Corte, onde será feita a escolha da Corte Momesca: Rei Momo, Rainha e Princesas.

O dia 16 será dedicado ao tradicional Baile dos Artistas e no dia 17 acontecerá a vesperal infantil Baile do Erê.

Após a realização do seminário, a exemplo do que já aconteceu quando dos preparativos para a organização do carnaval deste ano, a Fundação pretende realizar reuniões isoladas com cada um dos segmentos com o objetivo de atender as demandas particulares de cada um deles. A agenda de reuniões também deverá ser definida durante o seminário.

SERVIÇO

O QUÊ: Seminário de Carnaval 2010
QUANDO: Dias 29 e 30 de setembro
ONDE: Teatro Alcione Nazareth (Praia Grande)
HORÁRIO: 14h às 18h

Fonte: Cazumbá Online

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Festival Brasileiro de Teatro em cartaz em São Luís

A etapa Maranhão do Festival de Teatro Brasileiro (FTB) - Cena Baiana vai ocorrer entre os dias 28 e 12 de outubro. Com nove espetáculos gratuiso e apenas um a R$ 1,99, visando a formação de plateia, além da qualificação profissional, o festival traz para o estado espetáculos que evidenciam o que vem sendo produzido em matéria de artes cênicas na Bahia. O evento promove o intercâmbio cultural entre os estados do Maranhão e Ceará.

Além das peças, o Cena Baiana promove a formação profissional através de oficinas. Dentre os espetáculos, destaque para a peça “Ó pai, ó” do Bando de Teatro Olodum, adaptada recentemente para a Rede Globo com a série homônima.

O público vai conferir também o espetáculo de teatro físico “Casa de Ferro”, do grupo Estado Dramático. Depois dele, passarão pelos palcos dos teatros UFMA, João do Vale, Arthur Azevedo e Alcione Nazareth as peças “Seu Bomfim”, monólogo da companhia Território Sirius Teatro; “Redimunho”, também do grupo Estado Dramático; o infanto-juvenil “Áfricas”, a montagem musical “Cabaré da Rrrrraça”, e a encenação dos personagens do Pelourinho baiano “Ó Paí, ó!”, todos do Bando de Teatro Olodum; a versão não convencional de “Lago dos Cisnes” para crianças e adolescentes “Chuá”, e a adaptação de um clássico de Machado de Assis, “Novela do Murro”, ambos da companhia Dimenti; “As Estrelas do Orinoco”, peça dirigida por Felipe de Assis, Jacyan Castilho de Oliveira e Fernanda Paquelet; e a comédia “R$ 1,99”, espetáculo de Ricardo Castro, sucesso de público pelo Brasil há 10 anos.

Capacitação profissional e formação de platéia

Uma das intenções do Festival do Teatro Brasileiro é contribuir para a qualificação de profissionais das diferentes etapas da cadeia produtiva das artes cênicas, além de propor atividades de introdução às artes para jovens em situação de vulnerabilidade. Por isso, paralelamente às apresentações teatrais, o FTB realiza no estado oficinas de qualificação profissional.

O FTB se preocupa também em formar platéias e melhorar o acesso do público ao teatro, sem distinção de classe social, através da democratização do acesso a bens culturais, a partir de apresentações em teatros, praças e feiras. No caso do maranhão, todos os espetáculos serão gratuitos, com exceção da peça “R$ 1,99”, que até mesmo por se pensar na interação com o público, está com o preço simbólico de R$ 1,99. Vale ressaltar que um dos direcionamentos do Festival são as apresentações exclusivas para alunos da rede pública, que nesta edição participarão das apresentações das peças “Chuá” e “Áfricas”.

Intercâmbio cultural

Criado em 1999, o Festival do Teatro Brasileiro tem como um dos seus objetivos divulgar a produção teatral brasileira para os brasileiros. A cada etapa, um estado tem a chance de conhecer o produto cultural de outro estado. Além da Cena Pernambucana na Bahia e em Sergipe no primeiro semestre de 2009, o Festival já levou, por exemplo, a Cena Mineira ao Rio de Janeiro e as Cenas Baiana, Mineira e Pernambucana para Brasília. "A possibilidade de mostrar um painel representativo da produção cênica de um estado para o público de outro estado é uma das singularidades do FTB. Nos últimos dois anos, o Festival vem focando no intercâmbio entre os estados do nordeste. É uma forma de aproximar vizinhos. O caráter nômade do FTB permite a criação de inúmeras cenas. A opção por realizar a Cena Baiana no Ceará e no Maranhão objetiva também a contribuição ao fomento da criação de circuitos inter-regionais de circulação das artes", explica o maranhense Sérgio Bacelar, da Alecrim Produções Artísticas, de Brasília, idealizador e coordenador do Projeto.

O Festival do Teatro Brasileiro, que está em sua nona edição, conta com o patrocínio da Eletrobrás, Chesf, Caixa Econômica Federal, Ministério do Turismo, Fundo de Cultura da Bahia/Governo da Bahia e apoio da Funarte, Secretaria de Cultura do Ceará /Governo do Ceará, Lei Federal de Cultura/ Ministério da Cultura/ Governo Federal, Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão e Fundação Municipal de Cultura de São Luis.

SERVIÇO

Festival do Teatro Brasileiro- Cena Baiana, etapa Maranhão

Data: de 28 de setembro a 12 de outubro de 2009

Local: Teatros Alcione Nazareth, João do Vale, UFMA e Arthur Azevedo

Fonte: Portal Imirante

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Novela global gravada em São Luís estréia em outubro

São Luís estará novamente nas telas da Rede Globo a partir de outubro. As primeiras cenas da nova trama das seis, intitulada Cama de Gato, foram feitas no terminal de integração da Praia Grande, no Centro de São Luís. A Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Turismo (Setur), Trânsito e Transporte (SMTT), de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Comunicação (Secom), viabilizou toda a logística para que o cronograma traçado pela produção fosse seguido à risca.

A equipe global era composta por cerca de 150 pessoas. Na oportunidade, Raul Gama, coordenador de produção da empresa carioca, visitou o secretário municipal de turismo, Liviomar Macatrão, para dar detalhes da filmagem e solicitar apoio logístico.

“Demos todo o apoio pedido e, apesar da cidade não ser o foco principal da trama, o Brasil verá um pouquinho mais da beleza ludovicense, assim como aconteceu com a ‘Da Cor do Pecado’. O grupo veio a São Luís e sentiu o clima acolhedor que todo turista sente. O próprio Marcos Palmeira foi a bares e restaurantes daqui e afirmou que virá novamente, mas como turista”, disse o secretário.

No folhetim, Marcos Palmeira dá vida a Gustavo, um perfumista que venceu na vida, mas acabou tornando-se infeliz. E a mocinha da trama é Rose (Camila Pitanga), a faxineira da empresa de Gustavo, a Aromas. O ator gravou na capital maranhense o episódio em que seu personagem tenta voltar para casa, no Rio de Janeiro, depois de passar por maus bocados em Barreirinhas, onde inicia sua saga.

Outros atores, como Ailton Graça, Paola Oliveira, Tony Tornado, Marcelo Novaes, Nívea Stelmann, Carmo Della Vechia e Emanuelle Araújo farão parte da trama.

Fonte: Cazumbá Online



quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Semana do Turismo - Dia Mundial do Turismo na FAMA


Fonte: Blog Beatrice Borges

Semana do Turismo - III Jornada de Turismo da Faculdade São Luís

A Faculdade São Luís está promovendo nos dias 24 e 25 a III Jornada de Turismo como programação de comemoração ao Dia Mundial do Turismo.

A Coordenadora do Curso de Turismo da Faculdade, Professora Josilene Campos, afirmou que a escolha do título da Jornada "foi para comemorarmos as inúmeras potencialidades do nosso Estado e definirmos novos nichos de mercado".

III Jornada de Turismo da Faculdade São Luís Tema: Potencialidades do Mercado Turístico do Maranhão: Ecoturismo, cultura e hospitalidade.

DIA 24/ 09/ 2009 - QUINTA-FEIRA

19:00
Abertura da Jornada
Palestra I: Sítios Históricos como Roteiro Alternativo Cultural de São Luís.
Augusto Mendes- Turismólogo e Guia de Turismo, professor.

Palestra II: Via Mundo – Intercâmbio e Turismo
Ivo Santos – Coordenador Regional do PIC Brasil


Dia 25/ 09/ 2008 – SEXTA-FEIRA PALESTRAS, OFICINAS E MINI-CURSOS
09:00h
Financiamentos para empreendimentos Turísticos
Palestrante: Marcelo Monteiro - Gerente de Negócios do Banco do Nordeste o Brasil.

08:00 ás 12:00
Certificação de produtos do turismo de aventura
Turismóloga: Sandra Rodrigues - Gerente da Sacada Turismo

10:00h
Turismo Étnico: Aproveitamento Turístico dos Quilombos do Maranhão
.Profª. MSc. Graça Cardoso – Professora e Chefe do Departamento de Turismo e Hotelaria da UFMA.

14:00
Turismo Náutico: Opção de Lazer em São Luís
Palestrante: Ana Tereza Viegas - Mark e Tur.

15:00h
Artesanato Maranhense como diferencial competitivo no mercado.
Hildenê Maia – Consultora de Turismo, Cultura e Artesanato do SEBRAE/MA.

16:00
Sands Hotéis-Holliday Inn São Luís: divisor de águas na hotelaria de São Luís.
Palestrante: Cristiane Holanda – Gerente Geral do Sands.

16:00
Potencial turístico do litoral maranhense: Mergulho como produto Ecoturístico.
Antonio Polessa – mergulhador profissional.

17:00
Palestra: “Você é o gestor da sua carreira, não delegue a ninguém.”
Prof. Júlio Maciel – Administrador e Consultor Empresarial, professor da Faculdade São Luís e UNICEUMA.

19:00 - Encerramento/ Noite
Quadra de esportes
Tema:Investimentos no setor turístico do Maranhão.
Palestrante: Dr. Tadeu Palácio, Secretário Estadual de Turismo

§ FEIRA DE ARTESANATO
§ ARENA GASTRONÔMICA
§ APRESENTAÇÃO CULTURAL

As inscrições estão abertas à partir de amanhã a tarde na Faculdade e o ingresso é 1 kg de alimento não perecível. Dá pra fazer quantos minicursos quiser, mas para a palestra e os mini-cursos, são 2 kg!!!

Os alimentos arrecadados serão entregues na Casa Sonho de Criança, que cuida de crianaças soropositivas.

Fonte: Blog Beatrice Borges

Dia Mundial do Turismo


Fonte: Blog Beatrice Borges

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Começa hoje o primeiro Festival da Juçara na Lagoa

O I Festival da Juçara na Lagoa começa nesta terça-feira (22), na Lagoa da Jansen. Para quem gosta dos produtos alimentícios derivados do fruto, é uma oportunidade de curtir uma das tradicionais festas da cidade, em um lugar mais acessível.

Ao todo, o festival contará com 16 barracas de produtores do Maracanã, além de espaço para artesanato e venda de produtos derivados do fruto, como bombom, cocada, bolo, sorvete e licor. As crianças também ganharão um espaço especial com parquinho e brinquedos. Dois restaurantes reconhecidos na Ilha também serão instalados na área.

Uma vasta programação cultural, incluindo shows e espetáculos teatrais, agitará o festival na Lagoa, que será realizado no mesmo local onde acontece o Arraial. O espaço passará por reparos e receberá decoração especial assinada pelo artista plástico Miguel Veiga.

Tradição

Já a tradicional Festa da Juçara movimentará o Parque da Juçara, de 4 de outubro a 8 de novembro, no Maracanã.

Tanto do festival, quanto a festa são realizados pela Associação dos Amigos do Parque da Juçara, com patrocínio do Governo do Estado, por meio do trabalho conjunto das Secretarias de Cultura, Turismo e Esporte, com apoio da Saúde.

Confira a programação do Festival:

Terça-feira (22)

18h30-20h - Beto Pereira
20h30-22h - Pepê Jr.
22h30-0h - Carlinhos Veloz

Quarta-feira (23)

18h30-20h - Uma linda quase mulher
20h30-22h - Adamastor Pitaco
22h30-0h - Amigos do Samba

Quinta-feira (24)

18h30-20h - Jegue Folia
20h30-22h - Banda Raveli
22h30-0h - Fabrícia e Banda

Sexta-feira (25)

19h-21h00 - Confraria do Chopp
21h30-23h30 - Argumento
0h-2h - Jhonatan e Jardel

Sábado (26)

19h-21h - Vagabundos do jegue
21h30-23h30 - Stefhany
0h-2h - Ruan e Rafael

Domingo (27)

18h30-20h - Sambaceuma
20h30-22h - Bicho Terra
22h30-0h - Formato A5

Fonte: Portal Imirante

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Presidente da Infraero anuncia melhorias para o aeroporto de São Luís

O presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, visitou nesta quinta-feira, o aeroporto de São Luís e anunciou uma série de melhorias.

A inspeção ao terminal Marechal Cunha Machado atendeu a uma solicitação do deputado federal Flávio Dino (PCdoB/MA).

Acompanhado do parlamentar maranhense e de assessores, Murilo Barbosa constatou a necessidade de mais investimentos da Infraero no Estado. Após a visita, Murilo Barbosa informou as medidas a serem adotadas.

"Primeiro vamos recapear toda a pista principal, em convênio com o exército brasileiro, depois dar uma melhoria em todo o piso, revitalizar todo o forro do aeroporto e estamos trabalhando no projeto da climatização da área externa do terminal de passageiros. A parte interna do terminal já está climatizada assim como as pontes colantes”, anunciou Barbosa.

Para o Deputado Flávio Dino, os investimentos da Infraero contribuirão para que o aeroporto possa atender melhor os visitantes e funcionários. Ele informou quais foram as reivindicações apresentadas ao Presidente da Infraero.

“Melhorar o conforto dos passageiros, nós precisamos climatizar o aeroporto de São Luís que é muito quente. Então, estamos pleiteando investimentos, junto ao presidente da Infraero, que tem muita sensibilidade em relação a isso e com certeza o aeroporto receberá esses investimentos que irá ajudar a geral emprego e a melhorar a infra-estrutura turística e sobretudo servir melhor os maranhenses”, garantiu Flávio Dino.

Essa é a primeira visita técnica do presidente da Infraero a São Luís. Ele já esteve nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. Vinculada ao Ministério da Defesa, a Infraero administra 67 aeroportos, 80 unidades de apoio à navegação aérea e 33 terminais de logística de carga.

Fonte: Central de Notícias

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

De Portugal a São Luís - Como Chegar?

Boa tarde, pessoal!

Algumas pesquisas feitas no Google sobre viagens de Portugal (Lisboa, Porto) ao Maranhão (São Luís, Lençóis Maranhenses) chegaram aqui no blog e gostaria de ajudar quem tem interesse em conhecer o Maranhão e esclarecer sobre como você, turista internacional, pode chegar até nosso estado.

1 - A TAP ainda não está operando em São Luís, mas ela opera nos principais aeroportos brasileiros:

DESTINOS DA TAP NO MERCADO NACIONAL

> Fortaleza
> Natal
> Recife
> Salvador
> Brasília
> Belo Horizonte
> Rio de Janeiro
> São Paulo


Minha dica é: Compre um voo para a cidade mais próxima de São Luís, que nesse caso é Fortaleza, ou até Brasília e de lá voe para São Luís com as cias GOL ou TAM, que são as duas que operam no Maranhão. Acredito que dá pra aproveitar a promoção da TAP dessa forma e conhecer a cultura de São Luís e as belezas naturais dos Lençóis Maranhenses. Essa dica serve para saídas de outros aeroportos europeus também.

Você pode também aproveitar e conhecer a "Rota das Emoções" vindo de carro ou ônibus de Fortaleza até São Luís (passando por Jericoacoara, Delta do Parnaíba, Delta das Américas e Lençóis Maranhenses).

As agências de viagens tem todos esses pacotes, passeios e trechos. Basta entrar em contato que elas informam tudo que você precisa pra conhecer sobre esse roteiro.


2 - A companhia aérea brasileira TAM opera em Lisboa e aqui em São Luís, fazendo voos frequentes entre os dois países. Na minha opinião é a forma mais fácil de chegar até São Luís, onde você viria pela mesma companhia aérea, apenas fazendo a conexão em algum aeroporto brasileiro (provavelmente em Brasília ou em São Paulo).

Além de conhecer as belezas arquitetônicas e as ruas belíssimas do centro histórico de São Luís, você pode ter a oportunidade de conhecer os Lençóis Maranhenses. Todos esses passeios tem saídas diárias e você pode obter qualquer passeio que desejar aqui na região com as agências de viagens.

Mais informações, entre em contato comigo por e-mail: arisdomar@gmail.com ou via twitter: @arisdomar

Ricardo A.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Exposição Barcos do Brasil em São Luís

A exposição itinerante Barcos do Brasil e a Coleção Álvares Câmara - Século XXI chega a São Luís - MA dia 18 de setembro, onde poderá ser visitada até o dia 28 de setembro, na sede da Superintendência do IPHAN à Rua do Giz, 235, Praia Grande. A entrada é franca. A mostra é uma ação do projeto Barcos do Brasil, iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan em parceria com diversas instituições, entidades públicas e privadas e sociedade civil, que atua na proteção e valorização do patrimônio naval em todo o Brasil. A idéia é homenagear milhares de brasileiros que tiram da pesca seu sustento e, ao mesmo tempo, valorizar seus modos de vida, tradições e conhecimentos.

No Brasil, já foram identificados mais de 200 tipos de embarcações tradicionais, destinadas aos mais variados ambientes, sejam eles lacustres, fluviais ou marítimos, e empregadas nos mais diversos fins. Trata-se de um patrimônio utilizado por populações costeiras e ribeirinhas, integrado a um imenso contexto de festas, tradições, conhecimentos e trabalhos.

A exposição Barcos do Brasil e a Coleção Alves Câmara - Século XXI apresenta modelos em escala reduzida e painéis sobre o patrimônio naval brasileiro e o projeto Barcos do Brasil. O objetivo é sensibilizar os visitantes sobre a importância do reconhecimento de técnicas tradicionais, seus usos e contextos e sua preservação.

Os modelos de embarcações apresentados na exposição itinerante são uma reprodução da coleção que o Almirante Alves Câmara, então Ministro da Marinha, encomendou em 1908. Sua preocupação era registrar os principais barcos tradicionais do Brasil, que já no início do século XX corriam o risco de desaparecer.

A coleção Alves Câmara original possui pouco mais de 40 tipos de barcos e está exposta no Museu Naval do Rio de Janeiro. Já a Coleção Alves Câmara Século XXI, foi ampliada e conta com mais de 60 modelos de barcos brasileiros. Ela faz parte do acervo do Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul, Santa Catarina.
As 15 maquetes exibidas na exposição itinerante foram feitas a partir desses novos modelos criados por três modelistas navais especializados na reprodução em escala de barcos tradicionais do mundo todo.

A mostra já passou por Brasília, Manaus, Salvador, Recife, João Pessoa e Fortaleza e também poderá ser visitada em São Luis e Rio de Janeiro.

Fonte: Cazumbá Online

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Palestra destaca o quatrocentenário de São Luís

Na manhã desta segunda-feira, dia 14, aconteceu no Sitio Piranhenga, um seminário proferido pelo Secretário de Turismo de San Malo na França, Jean Claude Weisz, sobre os 400 anos de São Luís e sua fundação francesa.

O evento contou com a presença do secretário de Turismo de São Luís, Liviomar Macatrão, do representante do SEBRAE, Francisco Gilson Nunes de Meneses, do presidente do SLZC&VB, Nan Sousa, do representante da Associação Comercial, Luzia Helena Resende, do proprietário do Sitio Piranhenga, o padre João de Fátima, da Presidente da CEPROMAR, uma das mais antigas ONGs do Maranhão, Eulália das Neves Ferreira, empresários e comunidade em geral.

Durante a palestra, Jean Claude destacou os laços que unem São Luís e San Malo na França, pois foi desta cidade francesa que partiu a esquadra de Daniel de La touche, fundador da capital maranhense em 1612. Por isso a importância de parceria entre as duas cidades no momento em que São Luís está preste a completar o seu quatrocentenário. “O motivo de estar aqui é conhecer as propostas da área de turismo de São Luís e levar para o prefeito de San Malo visando firmar uma parceria entre as administrações das duas cidades”, afirmou Jean Claude.

A palestra foi uma iniciativa do SEBRAE e CEPROMAR, uma entidade com 37 anos de existência que tem um trabalho de qualificação e inserção de jovens e adultos no mercado de trabalho, oferecendo cursos de mecânica, garçom, entre outras. E é mantida por doações de familiares do padre João de Fátima.

Fonte: Cazumbá Online

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com