Social Icons

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Operadora estrangeira estuda instalação de hotel de R$ 10 milhões nos Lençois Maranhenses

Técnicos do Governo do Estado se reuniram, esta semana, em São Luís, com representantes da Metropolitan Touring, operadora de turismo do Equador, que vieram ao Maranhão verificar a viabilidade de construir um empreendimento hoteleiro nos Lençóis Maranhenses voltado para o turismo considerado classe A. Os investimentos estão estimados em R$ 10 milhões.

A reunião, organizada pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), contou com a participação de representantes de vários setores do Governo do Estado, entre os quais as secretarias de Indústria e Comércio (Sinc), de Planejamento e Orçamento (Seplan), de Comunicação Social (Secom) e da Fazenda (Sefaz).
No mercado há quase 60 anos, a operadora Metropolitan Touring, além de praticar o ecoturismo no Equador, atende a Colômbia, Peru, Chile, Argentina e, agora, pretende investir de forma ampla em pelo menos cinco regiões turísticas do Brasil.

"Nosso público é muito exigente, portanto o objetivo é construir um hotel sofisticado que respeite os requisitos da sustentabilidade e atenda a demanda do público que investe no segmento do ecoturismo" explicou o presidente da operadora, Roque Sevilla.

De acordo com o secretário de Estado de Turismo, Tadeu Palácio, o empreendimento vai atrair turistas para o Maranhão e gerar empregos. "O destino Lençóis vive hoje a expectativa de pelo menos dois grandes investimentos na área hoteleira, o que significa investimentos de grande porte para a região que, certamente, impactarão na oferta de emprego, gerando renda para a população", avalia.

Para o secretário de Comunicação Social, Sérgio Macedo, a reunião foi bastante produtiva, pois demonstrou o interesse dos investidores e a preocupação do Governo do Estado em garantir todo o apoio necessário para a viabilização do negócio.

"O Maranhão vive hoje um momento extremamente importante e tem atraído grandes investidores do mundo inteiro. Esse, sem dúvida, é mais um importante empreendimento que deve gerar divisas para a região”, disse Macedo.

sábado, 27 de novembro de 2010

Domingo é dia de lazer na avenida Litorânea

Manhãs de domingo com mais lazer, atividade física e diversão ao ar livre e à beira-mar. É isso que a população de São Luís terá à sua disposição a partir deste domingo (28), na avenida Litorânea. Das 6h às 12h, um trecho de 1.630 metros da via será interditado para que as pessoas possam caminhar, andar de bicicleta, passear com bebês, andar de patins e o que mais quiserem fazer para relaxar antes de iniciar o trabalho ou os estudos na segunda-feira.

A ação foi anunciada, na última quarta-feira (24), pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT). Serão oito pontos de interdição da avenida, que será feita da Praça do Pescador, no início da praia de São Marcos, à Praça de Alimentação, no Calhau, na faixa ao lado da praia. Segundo a secretaria, agentes de trânsito e placas indicativas orientarão a população no tráfego pela avenida.

Pela primeira vez, São Luís terá um grande espaço à beira-mar destinado ao lazer dos moradores e turistas da Ilha, a exemplo de capitais como o Rio de Janeiro, que tem, aos domingos, a avenida Vieira Souto, em Ipanema, interditada para o lazer, e Brasília, que interdita a via conhecida como "Eixão", para o lazer dos seus moradores.

Agora, é só preparar a bicicleta, tirar o patins do armário, calçar o tênis e convidar toda a família para um domingo mais saudável!

Fonte: Imirante

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Rio de Janeiro é eleito o “destino gay mais sexy“ do mundo

A cidade do Rio de Janeiro é o “destino gay mais sexy” do mundo. O título foi obtido por meio de uma votação pública, realizada pelo site Tripoutgaytravel.com e pela Logo, canal da MTV, na qual o destino brasileiro obteve 58% dos votos – superando Barcelona (Espanha), Key West (Flórida), Las Vegas (Nevada), Tel Aviv (Israel) e Palm Spring (Califórnia).

“Esse é mais um título que comprova que a cidade do Rio de Janeiro tem a vocação natural de receber turistas de todas as tribos. Por intermédio do voto popular, temos certeza de que o trabalho contínuo para atrair cada vez mais o público LGBT para nossa cidade está sendo reconhecido”, destacou o secretário municipal de Turismo e Presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Ontem, o Rio de Janeiro sediou a 15a Parada do Orgulho LGBT, em Copacabana.

Fonte: Panrotas
Foto: Google

Patrimônio e Turismo são tema de palestra promovida pelo NPDTUR

"Patrimônio e Turismo: como inovar?" é o tema da palestra promovida pelo Núcleo de Pesquisas e Documentação em Turismo (NPDTUR) da Universidade Federal do Maranhão. O evento será realizado no dia 17 de novembro, no auditório Ribamar Carvalho, na Área de Vivência da UFMA, às 9h.

Participarão dos debates a professora Drª. Zulmira Nóbrega, professor Dr. Alexandre Fernandes e professora Drª. Socorro Araújo.

A inscrição para a palestra custa R$ 5,00. Porém, para quem se inscreveu na palestra Turismo LGBT, realizada no mês passado, a participação nesta é gratuita.

Fonte: Imirante.com

sábado, 13 de novembro de 2010

Azul inicia voo direto entre Belo Horizonte e São Luís

A Azul Linhas Aéreas vai iniciar um segundo voo direto e sem conexões com saída de Belo Horizonte para São Luís. A rota inédita no mercado entre as capitais de Minas Gerais e do Maranhão, inicialmente prevista para o dia primeiro de dezembro, foi antecipada para o próximo domingo (14) com preço promocional a partir de R$ 199,00.

As frequências dos voos que interligarão São Luis à capital mineira serão diárias e vespertinas. Os voos da nova rota serão operados pelo jato Embraer 195, com capacidade para 118 lugares.

“A nova linha terá impacto muito positivo para a economia e o turismo em São Luís por promover a interligação da cidade com importantes capitais do país”, analisou o secretário municipal de Turismo, Liviomar Macatrão.

O secretário lembrou que, com isso, a meta da gestão do prefeito João Castelo estipulada até 2012, de ligar São Luís a sete capitais consideradas prioritárias para o turismo, acaba de ser alcansada. “Vamos continuar promovendo a cidade e, assim que o Plano São Luís (Plano de Marketing Turístico), for implementado, teremos melhores resultados para o turismo de São Luís”, completou.

A Azul opera, atualmente, em mais de 80 destinos em todas as regiões do país. As passagens dos novos voos já estão disponíveis para venda e podem ser compradas nas agências de viagens credenciadas, pelo portal www.voeazul.com.br, nos aeroportos ou na Central de Vendas 0800 880 2985 (regiões metropolitanas).

Fonte: Cazumbá Online

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Feira do Livro de São Luís será aberta nesta sexta-feira

A 4ª edição da Feira do Livro de São Luís abre as portas para o público nesta sexta-feira (12). Promovida pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func) e co-realização do Serviço Social do Comércio (Sesc), o evento tem como patrono o jornalista, escritor e cineasta ludovicense José Louzeiro, que também é o autor do tema da Feira: “O Livro é guia e instrumento da sabedoria”. A cerimônia de abertura ocorre na Praça Maria Aragão, às 19h.

A estrutura da feira ocupará uma área de, aproximadamente, 6 mil m², envolvendo a Praça Maria Aragão e todo o seu entorno, as instalações do Espaço Cultural, a Praça Gonçalves Dias e o Centro de Formação do Professor (Semed), na Rua Rio Branco.

“A Feira do Livro de São Luís, além de resgatar a tradição literária do Estado, constitui um espaço para o incentivo à produção contemporânea. Será, com certeza, um momento único e rico para todos que participarem do evento”, disse o presidente da Func, Euclides Moreira Neto.

Na Praça Maria Aragão, foram montados dois auditórios – um que recebe o nome do patrono, com capacidade para 200 pessoas, e o outro homenageando a ativista política e médica que dá nome à praça para 100 pessoas; 20 estandes institucionais, tendas e salas climatizadas – que abrigarão o Café Literário, Casa do Escritor e Espaço Infantil. Haverá, ainda, três praças ambientadas, cada uma com o nome de um homenageando: Rosa Mochel, Carlos de Lima e João Mohana.

No espaço de comercialização de livros, cerca de 60 estandes, com estrutura adequada e ambiente climatizado, reunirão editoras, livreiros e artesãos para exposição e venda de aproximadamente 70 mil títulos e produtos regionais. Um estande em especial será reservado para a produção local, disponibilizando somente títulos de escritores maranhenses. De acordo com a organização do evento, devem ser movimentados mais de R$ 3 milhões durante os dez dias do evento.

Programação

A programação tem início no sábado (13) e, este ano, terá cerca de 400 eventos, incluindo seminários, encontros, oficinas, cursos, rodas de conversa, lançamentos e relançamentos de livros, exibição de filmes e programações especiais para o público infantil e juvenil, distribuída em mais de 35 espaços.

“Tivemos a preocupação de elaborar uma programação bem diversificada, com atividades artísticas e culturais, e discussões de temas atuais. Além de evidenciarmos também os homenageados desta edição, com rodas de conversas sobre a vida e obra de cada um”, destacou o coordenador geral do evento, José Maria Paixão.

Entre os convidados para participar das atividades da feira, destacam-se os escritores Socorro Aragão (PB), Vilmar Sidnei Demamam Berna (RJ), Celso Antunes (SP), Jaime Lopes Pereira (AM), Arievaldo Viana (CE), Casemiro de Medeiros (CE), Bruno Carneiro Lira (PE), Fabrício Carpinejar (RS), Antonio Carlos de Moraes Sartini (SP), Márcio Vassallo (RJ), Henilton Parente de Menezes (DF), Esmeralda Ortiz (SP) e, ainda, o escritor francês Jean-Yves Loude.

Já entre os literatos locais, destacam-se os escritores Lourival Serejo, Aldo Leite, Ceres Fernandes, Sônia Almeida, José Ewerton Neto, Joaquim Haickel, Albérico Carneiro, Bioque Mesito, Hagamenon de Jesus e Paulo Melo Sousa. Todos participam de atividades no Café Literário, sempre a partir das 18 horas.

Outro espaço que estará bastante movimentado é a Casa do Escritor. Funcionando em horário especial pelo volume de atividades, de 15h às 21h, o espaço terá 63 lançamentos e relançamentos com direito a coquetel e sessões de autógrafo ao lado do auditório. Entre os participantes, Gutemberg Fernandes de Araújo, Francisco Gonçalves da Conceição, Marcus Vinícius Quiroga (RJ), Carlos Agostinho de Macedo, Eva Maria Nunes Chatel, Nelin Vieira, Cristina Granato (RJ) e Wilson Marques.

Além desses espaços, a Feira do Livro 2010 oferece uma programação voltada para o público jovem, na Casa da Juventude; o Estande da Aliança Francesa, com atividades voltadas para todos os públicos; a Estação Memória, onde o público poderá realizar um city tour passando por marcos literários da cidade; e o Teatro Reynaldo Faray, localizado ao lado do Espaço Cultural, que abrigará apresentações teatrais.

A 4ª Feira do Livro de São Luís acontecerá até 21 de novembro, sempre das 16 às 22 horas.

Veja a programação completa da 4ª Feira do Livro de São Luís.

Fonte: Imirante.com

domingo, 7 de novembro de 2010

Azul liga 4 capitais nordestinas a partir de 1º de dezembro

A Azul ligará quatro capitais nordestinas com voos diários, a partir de 1º de dezembro. O voos Salvador-Recife, Recife-Fortaleza e Fortaleza-São Luís serão diários e sem escalas. Já a rota Salvador-Fortaleza terá escala em Recife, assim como o voo Salvador-São Luis fará escala em Fortaleza e Recife. A rota Recife-São Luís terá escala em Fortaleza.

Fonte: Panrotas

sábado, 6 de novembro de 2010

Museu Histórico recebe exposição sobre a ditadura militar


Na próxima terça-feira (9), às 9h30, no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), será realizada a abertura da mostra Direito à Memória e à Verdade, que está sendo trazida ao Maranhão pelo MHAM, em uma parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O evento é aberto ao público.

A abertura será feita pelos professores Marcelo Cherche Galves e Yuri Michael Pereira Costa, do curso de História da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Em seguida, por volta das 10h30, será realizada uma visita conjunta à exposição.

Direito à Memória e à Verdade ficará em cartaz no MHAM até o final de fevereiro de 2011, "com possibilidade de ser prorrogada por mais um mês", diz a curadora da exposição, Graça Nina, assessora da diretoria do Museu Histórico e Artístico.

A mostra é composta por banners com fotos, letras de canções e registros diversos dos anos de 1964 a 1985, período em que o Brasil viveu sob o jugo da Ditadura Militar. "São breves registros que trazem à tona fatos marcantes da época", acrescenta Graça Nina.

O projeto, que tem por objetivo abordar os fatos ocorridos durante a ditadura militar no Brasil, foi desenvolvido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e deverá percorrer outras cidades brasileiras. "Locais em que se registrou algum tipo de atividade relacionada à ação da Ditadura Militar", diz Graça Nina.

O Museu Histórico e Artístico do Maranhão está localizado à Rua do Sol, 302, Centro. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 3218-9922 e do e-mail acaocultural.mham@gmail.com.

Fonte: Imirante.com

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com