Social Icons

domingo, 31 de julho de 2016

Maranhão tem novo mapa turístico




O mapa do turismo do Maranhão mudou. O estado reduziu de 68 para 46 o número de municípios participantes de suas 10 regiões turísticas: Polo São Luís (4); Polo Amazônia Maranhense (3); Polo Chapada das Mesas (5); Polo Cocais (5); Polo Delta das Américas (4); Polo Floresta dos Guarás (7); Polo Lagos e Campos Floridos (7); Polo Lençóis Maranhenses (3); Polo Munin (5); e Polo Serras Guajajara Timbira e Kanela (3). O levantamento foi divulgado pelo Ministério do Turismo, em Brasília. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas.

Para o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, este redimensionamento contribui para melhorar a capacidade do Ministério do Turismo de atuar de forma coordenada com os estados, regiões turísticas e municípios, para desenvolver e consolidar novos produtos e destinos turísticos.

“Com um mapa mais enxuto e que retrata de forma mais fiel a oferta turística brasileira, poderemos focar nossos esforços e otimizar nossos resultados, afirmou.

Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 UFs e a validação do mapa foi feita pelos estados e Distrito Federal em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais do Turismo.

SOBRE O MAPA - O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

CATEGORIZAÇÃO DO NOVO MAPA DO TURISMO – Os 46 municípios do Maranhão presentes no Mapa do Turismo se dividem em 5 categorias, de acordo com a Categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. O instrumento, elaborado pelo MTur, identifica o desempenho da economia do turismo para tornar mais fácil a identificação e apoio a cada um.

Dentro da metodologia, as cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem, 93% do fluxo doméstico e têm fluxo internacional. O conjunto de municípios dos grupos D e E, reúnem características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão-de-obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

Abaixo a lista das regiões e municípios que compõem o mapa do estado
 
REGIÃO TURÍSTICA

Polo  São Luís
Alcântara
Raposa
São José de Ribamar
São Luís

Polo Amazônia Maranhense
Carutapera
Luís Domingues
Turiaçu

Polo Chapada das Mesas
Carolina
Estreito
Imperatriz
Riachão
Tasso Fragoso

Polo Cocais
Caxias
Codó
Coelho Neto
Pedreiras
Timon

Polo Delta das Américas
Água Doce do Maranhão
Araioses
Paulino Neves
Tutóia

Polo Floresta dos Guarás
Apicum-Açu
Cedral
Cururupu
Guimarães
Mirinzal
Porto Rico do Maranhão
Serrano do Maranhão

Polo Lagos e Campos Floridos
Arari
Conceição do Lago-Açu
Monção
Penalva
Santa Inês
Viana
Vitória do Mearim

Polo Lençóis Maranhenses
Barreirinhas
Humberto de Campos
Santo Amaro do Maranhão

Polo Munin
Axixá
Cachoeira Grande
Icatu
Morros
Rosário

Polo Serras Guajajara Timbira e Kanela
Barra do Corda
Grajaú
Jenipapo dos Vieiras

BOA PRÁTICA – O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento de gestão para orientar a gestão no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas. A atualização constante do documento se torna, portanto, fundamental para que esse instrumento seja eficaz e respeite os princípios de eficiência

Fonte: Ministério do Turismo

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Azul inicia segundo voo diário entre Fortaleza e São Luís




A Azul Linhas Aéreas Brasileiras lançará, no dia 12 de setembro, um segundo voo diário entre Fortaleza e São Luís, em Maranhão, e na rota que liga a capital cearense a Teresina, no Piauí. Segundo a companhia novidade atenderá à demanda na rota entre as capitais, com voos operados pelos modernos turboélices ATR 72-600, de 70 assentos. A empresa encaminhou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o pedido para a ampliação. #Voos #Turismo #Fortaleza #Teresina #SãoLuís #Nordeste #Regrann

Fonte: Diário do Nordeste / Instagram

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com