Social Icons

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Obras do PAC Cidades Históricas vão mudar a paisagem de São Luís



Por meio do PAC Cidades Históricas - programa do Ministério da Cultura (MinC) lançado pela presidente Dilma Rousseff, que tem o objetivo de restaurar prédios históricos, contribuindo para a preservação do patrimônio cultural -, estão sendo realizadas intervenções que contribuirão para melhorar a paisagem e o conjunto arquitetônico de São Luís. Serão investidos R$ 133 milhões em obras em 45 espaços históricos.

Entre os serviços que ainda serão iniciados, estão a restauração e conservação do Palácio das Lágrimas, Palácio Cristo Rei, sobrado da Rua da Estrela, Fábrica São Luís, Mercado Central, Estação Ferroviária (prédio da Reffsa), Solar dos Vasconcelos, Teatro Arthur Azevedo, sobrado da Baronesa, Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Centro de Cultura Popular, Teatro João do Vale, Casa do Maranhão, Centro de Arqueologia e Câmara Municipal.

Também foram definidas as propostas de reforma da Rua Grande, que terá a fiação elétrica subterrânea e onde ainda serão feitos serviços de drenagem e recuperação do calçamento; para a Praça Deodoro, Rua da Paz, Praça da Alegria, Largo do Carmo, Fortaleza de São Luís e construção da Praça das Mercês. A previsão é de que os serviços sejam concluídos em três anos.

As obras do PAC Cidades Históricas, em São Luís, serão iniciadas após o processo de licitação e serão feitas na área de tombamento estadual e federal. Elas serão executadas na capital pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que terá parceria do Governo do Estado e da Prefeitura de São Luís para a realização das atividades.

O Governo do Estado, por exemplo, auxiliará nas obras com a contração de uma gerenciadora de projetos, que fornecerá o corpo técnico composto por engenheiros, arquitetos, arqueólogos e outros profissionais, para a realização das atividades, uma vez que a equipe do Iphan é reduzida. Já a Prefeitura se comprometeu em dar o apoio logístico para a realização dos serviços.

Importância - O PAC Cidades Históricas tem também como objetivo estruturar as cidades, transformando-as em potenciais turísticos e requalificando os espaços urbanos para a população. Outro ponto que deverá ser priorizado em todas as obras que constituem os espaços públicos e turísticos do acervo arquitetônico de São Luís é a acessibilidade. Em todos os projetos, tanto de reforma, quanto de requalificação dos espaços, está incluída a aplicação de uma estrutura acessível para pessoas com deficiência física.

"Com esse projeto, pretendemos reverter o processo de deterioração e esvaziamento do Centro Histórico, requalificando espaços urbanos importantes para uso da população e também melhorar o aspecto turístico, pois o Centro Histórico é um patrimônio mundial", disse Kátia Bogéa, superintendente regional do Iphan.

ESPAÇOS QUE RECEBERÃO OBRAS:

- Restauração do Palácio das Lágrimas (UFMA)

- Restauração do Sobrado do Fórum Universitário (Curso de Direito da UFMA)

- Restauração do Palácio Cristo Rei (Reitoria da UFMA)

- Restauração do sobrado da Rua da Estrela (Fapema)

- Restauração do imóvel da Rua 14 de Julho (Teatro Tablado - UFMA)

- Restauração do sobrado da Rua da Estrela (Faculdade de História).

- Restauração da Fábrica São Luís (futura Câmara dos Vereadores)

- Restauração do Mercado Central

- Restauração da Estação Ferroviária

- Restauração e adaptação do palacete da Rua da Formosa (Secretaria Municipal de Turismo)

- Restauração do sobrado da Avenida Pedro II (Junta Comercial)

- Reforma da Praça João Lisboa e Largo do Carmo

- Restauração da Igreja do Carmo

- Criação da Praça das Mercês

- Reforma da Praça da Alegria

- Restauração do sobrado da Rua Portugal (Secretaria Estadual de Cultura)

- Restauração do Solar dos Vasconcelos

- Restauração da Escola de Música do Estado do Maranhão

- Restauração do sobrado da Baronesa de São Bento

- Restauração do Museu Histórico e Artístico do Maranhão

- Restauração do Teatro Arthur Azevedo

- Restauração do sobrado da Rua Portugal (Secretaria Estadual de Turismo)

- Restauração do sobrado da Rua Portugal (Casa de Nhozinho)

- Restauração do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho

- Restauração do Centro de Cultura Popular

- Restauração do Museu de Artes Visuais

- Restauração do Centro de Arqueologia

- Restauração do sobrado da Rua da Estrela (Biblioteca Escolar)

- Restauração do Teatro João do Vale

- Restauração do sobrado do Arquivo Público

- Restauração da Casa do Maranhão.

- Restauração do sobrado da Rua de Nazaré (Secretaria Estadual de Direitos Humanos)

- Reforma da Fortaleza São Luís

- Restauração do sobrado do Centro Artístico Operário

- Restauração do anexo do Museu da Gastronomia

- Implantação do Polo Digital

- Restauração da Igreja de Santana

- Restauração da Igreja de Santo Antônio

- Restauração da Igreja de São João

- Restauração de casarões na Rua da Palma (habitação de interesse social)

- Restauração da fachada de azulejos do sobrado da Praça João Lisboa.

- Reforma da Rua Grande (incluindo embutimento da fiação elétrica)

- Restauração do Centro Educacional Guaxenduba

- Restauração da Escola de Música da Uema

- Restauração da Casa do Estudante da Uema

Fonte: Maranhão Maravilha
Foto: Site Viajamos

sábado, 26 de outubro de 2013

Mais informação e segurança para os turistas em São Luís



Viajar, conhecer outra cultura e lugares diferentes. Quem sai de seu território para desbravar outros lugares quer ser bem recebido e se manter informado. Referência em turismo na capital, o Centro Histórico reúne espaços e programação para todos os gostos e dispõe de serviços específicos para orientar quem visita. Atrativos que fazem da área uma alternativa de entretenimento e lazer. O bairro atrai um grande número de visitantes, principalmente aos fins de semana. A segurança é realizada com a atuação da polícia militar que possui um trailer e dispõe de viaturas e policiais a pé. O bairro ganhou reforço na segurança com a implantação do sistema de videomonitoramento, que dispõe de câmeras em diversos pontos para prevenir ocorrências.

Acompanhada pelo irmão, empresária Luziane Serejo, 43 anos, está na capital há dois dias e preparou um roteiro de lugares que, segundo ela, não pode deixar de visitar. E o Centro Histórico faz parte da lista. “Até agora tudo que vi aqui achei lindo. O clima então, adorei”, diz a gaúcha. A curiosidade, conta o guia Sérgio Nascimento, responsável pelo Posto de Turismo Regional Setur (PTR-Setur), é principalmente pela história dos casarões que apesar de alguns estarem abandonados e em condições precárias, ainda atraem os olhares dos turistas.

O PTR-Setur, localizado na Rua Portugal é um órgão da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), que concentra em um só local a prestação dos serviços mais procurados pelo turista. No posto funciona um balcão informativo onde o turista poderá obter informações turísticas sobre o Centro Histórico e destinos de todo o Estado. São folders, mapas, fotos, quadros e o catálogo com programação cultural e espaços de visitação disponíveis ao visitante. As agências de turismo e rede hoteleira contribuem com informação atualizada de atividades turísticas.

O guia de turismo, Sérgio Nascimento, responsável pelo PTR-Setur, explica que os turistas procuram bastante informação sobre horário de funcionamento das casas de cultura e pedem sugestões sobre o que visitar e onde se hospedar. Por dia, em média, o espaço recebe 20 pessoas, sendo paulistas os mais frequentes entre visitantes do território nacional; e espanhóis, franceses e orientais, entre os estrangeiros. “Nos meses de alta estação o movimento é bem intenso”, diz o guia.

Já no Centro de Serviços Turísticos da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) chegam a mil visitantes por mês, nos períodos de alta estação como Natal, Ano Novo, Festas Juninas e Carnaval. Essa média cai para 500, na chamada baixa estação, segundo o receptivo do órgão. O Centro de Serviços Turísticos está estrategicamente localizado na Praça Pedro II e conta com profissionais bilíngues e material informativo sobre a capital e pontos turísticos do estado para atender o turista.

Os hotéis e alguns estabelecimentos no bairro também somam em atrativos e oferecem outros serviços. Entre estes, internet e cafeteria, espaço para leitura e pesquisa, programação cultural e os ateliês oferecem cursos e mantêm exposição permanente de artesanato regional e pintura. O empresário Joalison Rocha aposta em treinamento aos funcionários, descontos especiais, cortesias, pratos típicos diversos e bom atendimento para ganhar e manter a clientela. “Bem tratado, o visitante vai e retorna”, diz ele.

Segurança

O Centro Histórico ainda é ponto de permanência de usuários de drogas e traficantes. Passear nas praças e ruas do bairro virou um programa de risco. Os suspeitos se acolhem nos muitos casarões abandonados para, durante o dia agirem. Para impedir essa ação, 22 câmeras estão espalhadas nas ruas do bairro, instaladas em agosto do ano passado, pela prefeitura. As imagens ficam gravadas na central de videomonitoramento da guarda municipal. Com o serviço, os crimes puderam ser flagrados. De junho a agosto deste ano foram registrados 88 casos, segundo a Secretaria de Segurança do município.

Fonte: O Imparcial

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Setur deverá realizar city tour bilíngue para alunos dos cursos do Pronatec Copa na Empresa



Um city tour bilíngue deverá ser realizado em São Luís como atividade prática do curso de idiomas do Programa Pronatec Copa na Empresa, desenvolvido no Maranhão pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) em parceria com o Serviço Nacional de aprendizagem Comercial (Senac).

O anúncio foi feito pelo Secretário de Turismo, Jura Filho, na quinta-feira (24), durante visita às turmas de Inglês em funcionamento na capital. Segundo ele, a atividade servirá para colocar em prática o conhecimento obtido em sala da aula.

“Lançamos o desafio para todas as turmas de São Luís, porque entendemos que será uma grande oportunidade para colocarem em prática o idioma. A previsão é que aconteça até o final de dezembro”, antecipou o secretário.

Lançado no primeiro semestre deste ano, o programa teve a adesão de cerca de 25 equipamentos turísticos, entre hotéis, pousadas e resorts. Foram montadas 15 turmas no Maranhão, sendo 11 em São Luís e quatro em Barreirinhas, totalizando 215 alunos.

Charles Nascimento, que trabalha como atendente de alimentos e bebidas, no hotel Ibis, diz não faltar às aulas e já faz planos para os próximos módulos. “Espero me empenhar bastante porque já penso nos próximos módulos para ter mais fluência no idioma”, falou.

Curso de Idiomas/ Inglês

As aulas que possuem duas horas de duração, são ministradas por professores do Senac e funcionam de segunda a sexta-feira no próprio local de trabalho.

No total, o curso de idiomas oferece carga horária de 192 horas, tendo previsão para conclusão em março de 2014. Os alunos receberam ainda material didático além de bolsa incentivo de R$ 2,00 por aula assistida.

Fonte: Governo do Maranhão

Embratur consegue apoio da Bahia em céus abertos



O presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTur), Silvio Pessoa, defendeu a proposta de céus abertos apresentada pelo presidente da Embratur, Flávio Dino, como forma de aumentar a concorrência no setor aéreo. Pela proposta, seria permitida a operação de empresas estrangeiras no mercado aéreo doméstico. Para a Embratur, o aumento da concorrência faria com que as tarifas médias fossem reduzidas.

“As companhias aéreas aumentaram violentamente os preços dos bilhetes entre dezembro de 2011 e o carnaval de 2012, gerando uma queda de ocupação na rede hoteleira da Bahia de ordem de 20% em relação aos mesmos períodos anteriores”, afirma o presidente do CBTur. De acordo com Pessoa, o fato levou o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, a reunir-se com os demais secretários de estaduais de Turismo para debater a proposta de abertura dos céus brasileiros a empresas estrangeiras.

Pessoa afirma ainda que, se mantidos os preços altos, o “ turismo do Nordeste vai acabar jogando no lixo todo o investimento financeiro” já feito na região para promover e divulgar os destinos turísticos da região.

Fonte: Panrotas

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com