Social Icons

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Rota das Emoções, um roteiro turístico pelo Nordeste



A Rota das Emoções é um roteiro de viagens pelo Nordeste que reúne algumas das mais incríveis santuários ecológicos brasileiros. O blog traz hoje o relato de Gustavo Villa Boas, do blog Muita Viagem, sobre a visita a esse paraíso.

Quando decidi percorrer o Nordeste brasileiro, não conhecia ainda a Rota das Emoções, um roteiro de viagens que passa por algumas das maiores atrações naturais do Brasil: o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a Área de Preservação do Delta do Parnaíba e o Parque Nacional de Jericoacoara.

O roteiro pelo Maranhão, Piauí e Ceará reúne uma impressionante coleção de paisagens: dunas, rios, praias, mangues. Tudo moldado pelo vento que sopra forte na região. A Rota das Emoções contempla ainda atividades para todos os gostos, como caminhadas, esportes de aventura, ecoturismo e passeios de barco.

Comecei pelo Maranhão. Depois de ficar quatro dias em São Luís, parti em direção a Barreirinhas, a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses. Fui em novembro, quando as lagoas estão secas. Ainda assim, restavam algumas, onde deu para se refrescar do sol escaldante e o cenário é deslumbrante.

Além das dunas, a região dos Lençóis oferece passeios de barco pelo rio Preguiças e praias, como a exclusiva Atins, um paraíso pouco modificado pelo homem, e Caburé, na foz do Rio Preguiças.

Depois de conhecer os Lençóis e cantinhos escondidos do Maranhão, desci para Parnaíba, a segunda maior cidade do Piauí. Uma grata surpresa: a cidade é acolhedora e tem um centro histórico arrumadinho. Depois fui até Barra Grande, uma charmosa vila de Cajueiro da Praia. A vila é pequena e a rua principal, onde ficam as pousadinhas charmosas e os restaurantes, é de areia fofa. A maior parte dos turistas era de velejadores ou praticantes de Kitesurf, esporte que faz muito sucesso na região.

Em Camocim, já no Ceará, no porto do maior centro pesqueiro do estado, peguei uma balsa até a praia do Amor, em Jericoacoara. Cheguei em Jeri atravessando as dunas de Tatajuba, onde fiz o famoso esquibunda e comi frutos do mar na Lagoinha Torta e durmi em redes com parte do corpo dentro da água.

Em Jeri, não é por acaso que a praia é apontada como uma das mais bonitas do mundo. É um dos raros lugares no Brasil em que o sol morre no mar, explodindo um céu de várias cores: laranja, vermelho e roxo se misturam ao impressionante céu azul de Jericoacoara. Outras atrações são a Pedra Furada, a Lagoa Azul e a Lagoa do Paraíso. Além da badalada noite e a gastronomia que cada vez mais chamam a atenção. Vale a pena!!!

Gustavo Villas Boas é jornalista e adora viajar de mochila pelo Brasil. Já escreveu sobre tecnologia, séries de TV  e sobre a cidade de São Paulo, mas gosta mesmo de contar experiências sobre viagem. Para isso, criou, com um amigo, o blog Muita Viagem em maio de 2013.

Fonte: Jornal Cazumbá

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com