Social Icons

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Manifestações e artistas abrem o Carnaval do Maranhão em cortejo



A batucada carnavalesca invadiu as ruas do Centro Histórico na tarde/noite desta sexta-feira (21), com a realização, do primeiro Cortejo Deodoro - Praia Grande, reunindo 16 agremiações, entre baterias de escolas de samba, blocos tradicionais e organizados, tribos de índios, grupos afros, companhias de teatro, entre outros. A organização é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma).

Bastante animada, a secretária de Estado da Cultura, Olga Simão, participou do cortejo, vestida com fantasia de fofão. “Nós estamos dando a largada para o Carnaval do Maranhão, um dos mais criativos e tradicionais do Brasil. Este cortejo representa a nossa diversidade de ritmos e grupos, pois eles são inúmeros. Fazemos todos os anos este desfile pela Rua Grande em direção à Praia Grande”, declarou Olga Simão.

A secretária ressaltou que a programação vai movimentar diversos pontos da cidade. “A nossa festa continuará no circuito Madre Deus, na Praça Deodoro e nos espaços Viva, nos bairros. Neste domingo, já teremos festa, com os shows na Praça Deodoro e o desfile de blocos na Madre Deus e outros bairros”, afirmou.

No Cortejo, os foliões fantasiados concentraram-se na Praça Deodoro, em frente ao prédio da Biblioteca Benedito Leite, e de lá seguiram batucando e dançando pela Rua Grande até a Praia Grande, onde diversos grupos continuaram a festança.

No trajeto pela Rua Grande, quem passava não resistia e fazia uma parada para ver os blocos passarem. Ambulantes, vendedores e clientes de lojas também deram uma pausa para assistirem às performances das manifestações da cultura maranhense, embaladas por bandas de músicos, entre elas a do Bom Menino. “Quando escutei a música, pensei comigo mesmo: lá vem o bloco, já é Carnaval”, disse Carla Reis, vendedora de loja no espaço.

Os integrantes do grupo Picadeiro, com sede no Centro Histórico, abriram o Cortejo e desfilaram trajados com roupas de palhaço, atraindo a atenção das crianças. “Para nós, é uma satisfação muito grande participar desse cortejo de Carnaval, que já é tradicional em São Luís. Nós temos uma responsabilidade muito grande que é fazer a abertura da festa e alegrar as pessoas”, disse o ator Whylly Nascimento.

A Turma do Vandico, com seus adereços de mão, a exemplo dos guarda-chuvas, também embalou o desfile. O próprio Vandico puxava o batalhão de foliões. Ele declarou que o cortejo de Carnaval como ocorre atualmente, em sua opinião, nunca deveria acabar.

“Neste cortejo, tanto os que participam nos grupos ou mesmo os que assistem, revivem os antigos Carnavais de rua, que muito nos encantaram no passado e ainda nos encantam”, elogiou.

A diversidade de grupos e fantasias tornou democrático o cortejo de Carnaval, que contemplou as principais manifestações da cultura maranhense. Os fofões também não faltaram. Os bonecos gigantes da artista Sandra Cordeiro deixaram um rastro de cores e alegria por onde passaram. Eles compunham a Parada de Gigantes: uma ideia da artista.

“Ano passado não participamos, mas neste viemos com tudo e muito animados para alegrar o povo que nos assiste”, disse a artista Sandra Cordeiro, entre bruxas, ursos, cães e outras representações em forma de bonecos.

Fonte: Governo do Maranhão

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com