Social Icons

terça-feira, 20 de agosto de 2013

São Luís receberá R$ 150 milhões do "PAC Cidades Históricas"



A presidente Dilma Rousseff deve anunciar, nesta terça-feira (20), a seleção de obras do PAC Cidades Históricas. Visando à execução do programa no Maranhão, o governo do Estado realiza trabalho em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). As ações foram iniciadas no ano passado, com a assinatura de Termo de Compromisso de Preservação do Patrimônio Cultural. Atualmente, a Secretaria de Estado da Cultura (Secma) dá andamento à licitação para contratação de empresa que disponibilizará equipe especializada para fazer a gestão técnica da ação, visto que o Iphan não dispõe de corpo de profissionais suficiente para a execução dos serviços.

No Maranhão, a ação inclui a cidade de São Luís, com investimento de cerca de R$ 150 milhões. Serão 49 intervenções, entre ruas, praças e edificações, sendo que todas as casas de cultura estão inclusas. O Iphan receberá os recursos financeiros e coordena todo o trabalho.

Entre as prioridades, estão os serviços de restauração e conservação do Palácio das Lágrimas, Palácio Cristo Rei, sobrado da Rua da Estrela, Fábrica São Luís, Mercado Central, Estação Ferroviária (prédio da antiga Reffsa), Solar dos Vasconcelos, Teatro Arthur Azevedo, Sobrado da Baronesa, Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Centro de Cultura Popular, Teatro João do Vale, Casa do Maranhão, Centro de Arqueologia e Câmara Municipal.

Também foram definidas as propostas de requalificação da Praça Deodoro, Rua Grande, Rua da Paz, Praça da Alegria, Largo do Carmo, Fortaleza de São Luís e a construção da Praça das Mercês. Há obras definidas para as Igrejas do Carmo, São João, Santana e Santo Antônio.

Para a avaliação e execução das obras previstas, será criado o Comitê Estadual de Acompanhamento, reunindo órgãos da União e do Estado. No âmbito federal, participará uma representante do Iphan, que, também, coordenará o grupo. No campo estadual, além da Secretaria de Cultura, constarão representantes da Casa Civil e das Secretarias de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), de Infraestrutura (Sinfra), da Superintendência de Patrimônio Cultural e do Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico (DPHAP).

O PAC Cidades Históricas é uma ação intergovernamental articulada com a sociedade para preservar o patrimônio brasileiro, valorizar nossa cultura e promover o desenvolvimento econômico e social com sustentabilidade e qualidade de vida para os cidadãos.

Fonte: Imirante
Foto: O Imparcial

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com