Social Icons

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Aeroporto de São Luís tem apenas 35% das obras concluídas.

Mesmo com apenas 35% das obras concluídas no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, no bairro Tirirical, em São Luís (MA), o prazo para a conclusão dos serviços no local, a princípio, continua mantido para o dia 31 de março. Foi o que afirmou o superintendente regional do norte da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Paulo Roberto Pereira da Costa.
Inicialmente, o prazo para o término das obras estava previsto para o dia 31 de janeiro deste ano. No entanto, segundo Paulo da Costa, durante as escavações para instalação dos pilares de sustentação das novas estruturas, foi encontrado um dreno pluvial no mesmo alinhamento desses pilares, ocasionando a necessidade de desvio desse dreno. "A obra estava prevista para ser concluída no dia 31 de janeiro. No entanto, por causa da necessidade do desvio de um dreno, o serviço sofreu um atraso de 60 dias", afirmou.
Segundo o superintendente, logo após esse adiamento do prazo de conclusão das obras, as atividades que estão sendo feitas no aeroporto estão seguindo rigorosamente o cronograma preestabelecido pela empresa responsável - E.P. Engenharia Ltda - e a previsão é de que o aeroporto fique completamente disponível para os passageiros no dia 31 de março.

"Esse prazo, por enquanto, continua mantido para o fim de março. Pelo cronograma da Infraero, nesses dois meses que faltam, fevereiro e março, as obras no aeroporto serão concluídas. No entanto, caso haja um novo fato inconveniente, que até o momento não é do nosso conhecimento, é possível que haja um novo atraso", esclareceu o superintendente da regional norte da Infraero.

Mesmo com o início do período chuvoso em São Luís, previsto para iniciar este mês, segundo informações do Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), as obras no aeroporto não sofrerão atrasos, segundo o superintendente da Infraero.

"Pelo nosso cronograma, as chuvas não terão um impacto na realização das obras. Claro que se tiver três ou quatro dias de chuvas intensas e que os operários tenham que fazer algum serviço externo e, em função da chuva, isso não possa ser realizado, pode haver um atraso de alguns dias. Caso isso chegue a acontecer", esclareceu Costa.

Reformas - A obra também contemplará a climatização do terminal, cobertura completa do meio fio para embarque e desembarque de passageiros, aumento do número de posições de check-in - de 24 para 30 posições - reforma geral das pontes de embarque, aumento do espaço físico da sala de embarque, de 350 m² para 500 m², além de um novo mix comercial. Após o término da reforma, uma perícia será feita para avaliar as condições do terminal.

A Infraero irá manter as estruturas hoje em utilização, ou seja, desembarque remoto (antigo terminal de cargas da Vasp) para voos domésticos (voos realizados dentro do país) e embarque remoto (antigo terminal de passageiros) também para os mesmos tipos de voos, para atender à crescente demanda de passageiros.

Mais

- 10,7 Milhões de reais serão gastos na reforma do aeroporto
- 1,5 Milhão de pessoas passam pelo aeroporto por ano.
- 30 Voos atualmente o aeroporto recebe por dia.

Fonte: Imirante
Arte: Cabalau.com

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com