Social Icons

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Venda da Webjet para a Gol é aprovada pela Anac

A Anac (Agência Nacional da Aviação Civil) aprovou nesta terça-feira, com restrições, a compra da Webjet pela Gol. Segundo informou o órgão, o negócio está condicionado à presença de, no máximo, 20% de capital estrangeiro na sociedade.

Com essa aprovação, a Gol pode passar a administrar financeiramente a Webjet.

A medida, porém, ainda não garante a venda da Webjet. As empresas deverão informar a eventual participação de capital estrangeiro no negócio e sua porcentagem para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que fará uma nova avaliação.

Cliente Webjet pode ter Smiles da Gol antes da integração
Compra não vai encarecer passagens, diz Gol

Depois, o parecer do Cade será enviado à Anac, que dará um novo parecer sobre a venda da Webjet para a Gol, analisando questões técnicas, união de operações, marcas etc.

Segundo a Anac, a Gol só poderá usar os slots (horários e locais para pouso e decolagem) da Webjet após a conclusão do negócio. Em aeroportos como Congonhas e Guarulhos, os slots são disputadíssimos pelas empresas aéreas.

Essa primeira aprovação da Anac analisou apenas a parte administrativa. A parte operacional será vista na segunda avaliação. Portanto, até a aprovação final do negócio, as duas empresas deverão continuar operando separadamente.


NEGÓCIO

A Gol anunciou em julho a aquisição de 100% do capital social da Webjet, por R$ 96 milhões, sujeito a ajustes. Embora a companhia tenha sido avaliada em R$ 310,7 milhões durante as negociações, o valor final do negócio foi reduzido em razão das dívidas da empresa, estimadas em cerca de R$ 215 milhões.

A compra será feita por meio da VRG Linhas Aéreas, empresa controlada pela Gol.

Fundada há dez anos, a Gol opera 900 voos diários para 51 destinos domésticos e 11 destinos internacionais. Já a Webjet possui uma frota de 24 aeronaves Boeing 737-300 (148 assentos), e rotas para 16 cidades nacionais, realizando mais de mil voos por semana.

De acordo com comunicado na CVM (Comissão de Valores Mobiliários), a aquisição "está sujeita, entre outras condições, à realização de auditoria técnica e legal nas atividades e ativos da Webjet, à negociação e celebração dos documentos definitivos pelas partes e às aprovações das autoridades governamentais pertinentes"

Fonte: Folha.com

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com