Social Icons

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cururupu: o portão de entrada para os atrativos turísticos da Litoral ocidental do Maranhão


Floresta dos Guarás, Reentrâncias Maranhenses, Parcel de Manoel Luís estão localizados no Litoral Ocidental do Maranhão e tem a cidade de Cururupu como a principal via de acesso.

Cururupu é uma cidade pequena e pacata. O nome significa “sapo grande cantando”. No processo de colonização do Maranhão, Cururupu fora local de fazendas para cultivo de arroz, mandioca e cana. Assim, inúmeros engenhos foram instalados, utilizando-se para tal a mão de obra escrava proveniente da costa do Douro e Daomé (África - Guiné). A cidade era formada por grande quantidade de casarios, hoje restando apenas três. Um deles é onde funciona a sede da Prefeitura Municipal.

Para chegar até Cururupu, cidade localizada ao oeste da capital maranhense, o melhor caminho é o que inclui mar e terra. No terminal da Ponta da Madeira tem-se acesso ao ferry boat para atravessar a baía de São Marcos. Cerca de uma hora depois, chega-se a Cujupe. No local, vários serviços de ônibus e van estão à disposição para levar o passageiro. De Cujupe a Cururupu são 196 km.

Floresta dos Guarás, Reentrâncias Maranhenses, Parcel de Manoel Luís são alguns dos atrativos turísticos que têm como portão de entrada a cidade de Cururupu.

Atrativos Naturais

Parque Estadual Marinho do Parcel do Manuel Luís - Criado pelo Decreto Estadual nº 11.902 de 11 de Junho de 1991, no município de Cururupu, com uma área de 45.937,9 hectares. Localiza-se no Litoral Ocidental do Estado, a 45 milhas da costa maranhense, sendo que o local mais próximo, em terra firme, é a Ilha de Maiau. Com relação a São Luís o Parque dista cerca de 100 milhas náuticas, ao norte da Baía de São Marcos, tendo como ponto mais próximo (50 milhas), a Ilha dos Lençóis. Nas formações coralinas observa-se uma variedade de peixes multicolorida, tais como peixe-papagaio, sargentino, peixe-borboleta e outros de maior porte, como: meros, garoupas, e tartarugas marinhas. Em sua história possui pontos marcantes como os reflexos da vida marinha como os restos mortais de navios e galeões naufragados, presumivelmente, devido as fortes correntezas, no decurso dos séculos. Sua finalidade é de preservar a biodiversidade e o patrimônio genético dos recifes de corais e para garantir atividades pesqueiras.

Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses - Criado pelo Decreto Estadual nº 11.901 de 11 de Junho de 1991 e reeditado em 09 de Outubro de 1991, com uma área de 2.680.911,2 hectares. Localizado no litoral ocidental maranhense, de Alcântara até a foz do Gurupi, englobando os municípios de Cedral, Guimarães, Mirinzal, Bequimão, Cândido Mendes, Turiaçú, Luís Domingues, Godofredo Viana, Cururupu, Bacuri e Carutapera. A região costeira é bastante recortada de baías, enseadas e estuários. Terra firme constituída na maioria de terras baixas e planas com pequenas elevações colinares, no município de Carutapera. Possui extensos manguezais com elevada produtividade pesqueira em toda costa ocidental maranhense, há abundância de aves litorâneas, algumas ameaçadas de extinção, como o guará que nitifica e reproduz na Ilha do Cajual, em Alcântara, e entre os mamíferos, encontramos os golfinhos e o peixe-boi.

Musicalidade

A música que se ouve em Cururupu é o reggae. O reggae eletrônico de radiola. Há uma grande quantidade dessas radiolas, com destaque para a “Pantera Negra”, presente nos principais eventos sociais da cidade. Há também alguns pontos de reggae roots, o principal localizado na Rua do Pinche.
De carnaval famoso e conhecido por todo o litoral ocidental maranhense, outro atrativo para os turistas, vários circuitos foram reorganizados. O carnaval foi revitalizado e várias atrações foram organizadas pela prefeitura, como forma de resgatar o carnaval de rua. À frente desta ação está a Secretaria de Ação Social, Turismo e Trabalho. O objetivo, de acordo com José Francisco Pestana, é “resgatar antigas tradições momescas - do alegre, criativo e, muitas das vezes, o simples carnaval de rua à folia contagiante dos clubes populares espalhados pelos bairros; com opções para crianças e pessoas da “melhor idade” também extravasarem sua euforia”.

Outra manifestação importante é o Boi de Cururupu com um sotaque próprio da região chamado de “Sotaque Costa de Mão”.



Fotos de Cururupu, do Pólo Floresta dos Guarás e do Carnaval de rua do Maranhão no Flickr Maranhão.

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com