Social Icons

domingo, 29 de junho de 2014

Festa para São Marçal deve reunir milhares de pessoas no João Paulo



Pelo menos 25 grupos de bumba meu boi, sotaque de matraca, estão sendo esperados para se apresentar em honra a São Marçal, nesta segunda-feira (30), na avenida que leva o nome do santo, um dos homenageados durante o mês de junho em São Luís. Conforme matéria de Adriano Martins, da equipe de O Estado do Maranhão, o encontro está previsto para começar por volta das 6h e o final será somente quando o último grupo encerrar sua participação.

Esta é 87ª edição, que deve se estender até a madrugada de terça-feira (1º).  Durante todo o dia, pelo menos 300 mil pessoas devem passar pela via. As apresentações mais aguardadas são as dos bois da Maioba, Maracanã, Iguaíba e São José de Ribamar.

Dois palanques estão dispostos pela Avenida São Marçal: um deles será para a apresentação dos grupos e o outro será destinado a idosos e portadores de necessidades especiais e autoridades. Também serão disponibilizados cerca de 100 banheiros. A decoração já está posta desde a sexta-feira, com as tradicionais bandeirolas e fitas.

O presidente do Instituto São Marçal de Cultura e Desenvolvimento Social, organizador do encontro, Raimundo Morais, afirmou, contudo, que o ideal seria que o trecho da via já estivesse completamente tomado pelo espírito da comemoração em honra a São Marçal e ao boeiro - já que dia 30 de junho também é Dia Nacional do Bumba Meu Boi - desde o começo do mês de junho, mas a falta de recursos impediu que os enfeites fossem colocados. Por isso, este ano serão utilizadas as mesmas flâmulas de 2013, que serão retiradas na terça-feira, guardadas e, quem sabe, reutilizadas no próximo ano.

Segundo o Comando de Policiamento da Área Metropolitana I (CPAM I), 550 policiais militares serão encaminhados para a Avenida São Marçal para realizarem a segurança durante todo o evento. Além do policiamento a pé e motorizado, no local também haverá a presença da polícia montada e serão feitas duas barreiras de contenção com o auxílio do Batalhão de Choque e da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), além do sistema de videomonitoramento.

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) também irá atuar na festa, por meio da Blitz Urbana, com a finalidade de coibir a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos e fiscalizar a venda de comidas e bebidas pelo comércio informal.

Já a Secretaria Municipal de Segurança e Cidadania (Semusc) estará presente com 35 guardas municipais, que terão como missão fiscalizar e, assim, dar apoio à Blitz Urbana nas ocorrências de vandalismo e manutenção da ordem pública.

HISTÓRIA

O primeiro encontro de bois no João Paulo data de 29 de junho de 1928, quando os batalhões do Sítio do Apicum, o Boi do Lugar dos Índios, do povoado de São José dos Índios, em Ribamar, e, segundo contam alguns, o Boi da Maioba se reuniram no espaço onde hoje é a Praça Ivar Saldanha, sob o pedido de José Pacífico de Moraes, comerciante, apreciador da cultura popular, que resolveu reproduzir, em seu bairro, um encontro que já ocorria desde 1924, todo dia 29, em honra a São Pedro, na então Vila do Anil. O encontro se repetiu todos os anos até 1949, quando foi para o Monte Castelo, mas ficou lá somente um ano. Depois, foi para o Bairro de Fátima e rodou por outros bairros até retornar ao João Paulo, em 1959.

Somente nos anos 1980 a festa tomou a forma que tem hoje. Em 2006, a Prefeitura de São Luís, depois de ter sancionado a lei que alterou o nome da Avenida João Pessoa para São Marçal, atribuiu à Festa de São Marçal, através da lei Nº 4626 de 14 de julho, o título de bem cultural e imaterial, transformando a data no Dia Municipal do Brincante de Bumba Meu Boi.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com