Social Icons

terça-feira, 14 de maio de 2013

País pode receber 600 mil turistas na Copa do Mundo - Lençóis Maranhenses pode ser um dos destinos favoritos durante o evento.



O Brasil deve receber 600 mil turistas estrangeiros para a Copa do Mundo, no ano que vem. Apesar de não ser sede do evento, o Maranhão tem grandes chances de atrair parte desses turistas para cá. E a principal vitrine do Estado são os Lençóis Maranhenses, mas para isso ainda é necessário muitos investimentos.

De olho nos craques da bola, mas também nos pontos turísticos do país. Copa das Confederações esse ano, Copa do Mundo ano que vem e uma torcida que também faz as malas para viajar a destinos que vão além dos estádios de futebol.

Entre um jogo e outro, muita a coisa a se fazer e conhecer. Praias, cultura, história e um povo sempre de braços abertos. Mesmo os lugares que não vão ser sede dos jogos estão esperando aqueles turistas que pretendem dar uma ‘esticadinha’ na viagem. O Maranhão pode ser um dos destinos alternativos, principalmente para quem vem de outros países. Uma pesquisa revela que estão sendo esperados no país, 600 mil turistas estrangeiros para a Copa do Mundo de 2014.

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses se tornou um dessas opções até pela proximidade com o Ceará, sede da copa mais perto do Maranhão. Mas o ministro do Turismo, Gastão Vieira, lembra que é preciso correr contra o tempo para estimular o turista da copa a visitar os lençóis. O ministro explica que um dos desafios é o aeroporto de Barreirinhas.

“Não acredito que sem o aeroporto tenhamos o número de turistas que poderíamos ter. Que vamos ter, vamos. Eles farão qualquer sacrifício para conhecer aquilo que eles consideram um dos mais belos espetáculos da natureza no mundo. Mas eles poderiam ver muito mais se a prefeitura de Bareirinhas e o governo o Estado tivessem preparado a cidade para receber os turistas”, argumentou.

Gastão Vieira acredita que mais no crescimento do turismo no estado durante a Copa do Mundo. “A Copa das Confederações será uma ‘copa brasileira’. As pessoas que vão assistir os jogos serão sempre pessoas do próprio local. Nós quase não teremos estrangeiros em número quantitativamente bom. Então é preciso nos preparar para receber os 600 mil estrangeiros que estamos esperando, porque temos ainda um ano para a Copa do Mundo. Temos tempo”, finalizou.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

ShareThis

 

ATENÇÃO

Matérias, fotos, vídeos e todo o conteúdo particular tem todos os direitos reservados por seus respectivos donos. Se algum conteúdo deste blog é seu e você não quer que seja publicado, mande um email, que seu conteúdo será retirado do blog.

E-mail: arisdomar@hotmail.com